Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portos: Câmara de Almada vai recorrer aos tribunais para impedir terminal na Trafaria

Lusa

  • 333

Almada, 22 fev (Lusa) - A presidente da Câmara de Almada, Maria Emília de Sousa, afirmou hoje que a construção de um novo terminal de contentores na Trafaria é um "atentado ambiental gravíssimo" e prometeu recorrer aos tribunais para impedir a concretização do projeto.

"Os autarcas do município de Almada há muitos anos que recusam a construção de um megaterminal de contentores na Trafaria. O modelo de desenvolvimento do concelho não passa por aqui. Esta situação, a concretizar-se, corresponderá a um gravíssimo crime ambiental de `lesa pátria´", disse.

"O nosso município não deixará de recorrer a todas instâncias judiciais, incluindo o Tribunal Europeu, contra este crime hediondo", acrescentou Maria Emília de Sousa, que falava à Lusa após a apresentação do plano de reestruturação do Porto de Lisboa.