Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Porto: Corte Inglés na Boavista podia ter esvaziado a Baixa -- Rui Rio

Lusa

  • 333

Porto, 14 jun (Lusa) -- O presidente da Câmara do Porto disse hoje que se tivesse autorizado a entrada do Corte Inglés na rotunda da Boavista, a Baixa da cidade atual seria "zero", sem condições para os investimentos que vieram a acontecer depois.

O presidente da autarquia portuense, Rui Rio, declarou que a instalação da loja espanhola na rotunda da Boavista teria sido um erro sobre o qual tem hoje uma certeza: "Tenho eu naquela altura criado um polo de atração tão forte como esse na rotunda da Boavista e hoje a baixa era zero e sendo a baixa zero estas parcerias como o [Mercado] Ferreira Borges, o [Palácio do] Freixo, nada tinha condições de mercado e garantias para ir para a frente".

O presidente da Câmara do Porto falava na conferência "A Economia dos Eventos" na Escola de Gestão do Porto (EGP-UPBS), na qual traçou a evolução das práticas do executivo municipal ao longo dos três mandatos no que diz respeito ao turismo, incluindo a reabilitação do edificado e as parcerias público-privadas.