Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Porto: Câmara suspende privatização de parcómetros e perde 70 ME de receitas extraordinárias

Lusa

  • 333

Porto, 21 set (Lusa) -- A Câmara do Porto decidiu suspender a privatização dos parcómetros da cidade, que renderia mais de 30 milhões de euros (10,3 milhões no imediato), encerrando a possibilidade de arrecadar 70 milhões de euros de receitas extraordinárias.

A decisão de não adjudicar a concessão do estacionamento pago na via pública será apresentada pelo presidente da autarquia, Rui Rio, na reunião camarária de terça-feira.

Esta privatização dos parcómetros por dez anos, que previa um encaixe imediato de 10,3 milhões de euros e um total de mais de 31 milhões de euros, era o último dos negócios que podia levar a autarquia a arrecadar 50 milhões de euros de receitas extraordinárias em 2012.