Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portas assegura que Portugal autorizou o sobrevoo do avião de Evo Morales

Lusa

  • 333

Lisboa, 09 jul (Lusa) - O ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, assegurou hoje que o Governo português autorizou "atempadamente" o sobrevoo em território nacional do Presidente da Bolívia e não colocou em risco a vida de Evo Morales e da sua comitiva.

Paulo Portas participou hoje, ainda na qualidade de ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, numa audição na Comissão de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas, dominada na primeira parte por uma agendamento protestativo do PCP relacionado com o sobrevoo e autorização de aterragem em Portugal do avião do Presidente da Bolívia, Evo Morales, por suspeita de levar a bordo o ex-espião Edward Snowden.

"Portugal autorizou o sobrevoo do Falcon do Presidente Morales no território nacional. Não só autorizou como na verdade o avião do Presidente Morales passou no espaço aéreo português, entrou na zona do Alentejo, até ao espaço aéreo de Porto Santo", referiu Paulo Portas, que em simultâneo apresentou um mapa com o trajeto aéreo do avião presidencial boliviano.