Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portagens: Utentes da A22 ameaçam realizar ações de protesto junto de governantes em férias no Algarve

Lusa

  • 333

Faro, 01 ago (Lusa) -- A Comissão de Utentes da Via do Infante (A22) admitiu hoje que poderá convocar ações de surpresa durante as férias dos membros do Governo no Algarve e reiterou que considera o primeiro-ministro "persona non-grata" no Algarve.

"Enviámos uma carta ao ministro da Economia em agosto do ano passado a pedir uma audiência e até hoje não nos respondeu. Será natural que ao fim de um ano de espera sejamos nós a ir ter com o ministro ou o primeiro-ministro, onde quer que estejam", disse à Lusa João Vasconcelos, coordenador daquela comissão.

A execução de ações surpresa durante as férias de ministros ou secretários de Estado nas praias e localidades da região são "ações possíveis", mas não haverá qualquer aviso prévio desses atos, disse.