Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portagens: Fectrans solidariza-se com eventuais protestos contra mais pagamentos

Lusa

  • 333

Lisboa, 18 jan (Lusa) -- O presidente da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans) solidarizou-se hoje com populações e empresas que queiram contestar a criação de novas portagens, considerando a intenção como um "crime económico" contra as regiões afetadas.

"A Fectrans está solidária com todas as comissões de utentes, com toda a população que queira lutar contra a aplicação destas portagens e contra as portagens que já existem nas SCUT", disse à Lusa Vítor Pereira.

O sindicalista adiantou que, a serem criadas, as novas portagens constituirão "um crime económico para estas regiões", já que "o que está em causa é que as pessoas já não ganham para pagar portagens e não ganham para pagar transportes públicos".