Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portagens: Autarcas e empresários pedem intervenção de PR para impedir catástrofe no Alto Minho

Lusa

  • 333

Ponte de Lima, 18 jan (Lusa) - Os autarcas do Alto Minho vão pedir ao Presidente da República para "impedir" uma "nova discriminação negativa das populações e empresas" da região face à anunciada possibilidade de introduzir mais portagens, medida que classificam como "catastrófica".

A posição foi transmitida hoje, no final de uma reunião da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho, convocada de urgência, durante a manhã, para analisar a intenção de introduzir mais cinco pórticos de cobrança nas autoestradas da região, encontro que contou com a presença dos representantes dos empresários locais.

Além de "sensibilizar" Cavaco Silva "no âmbito da sua magistratura de influência" para fazer chegar ao Governo a necessidade de impedir qualquer "nova discriminação negativa das populações e empresas" da região, os dez autarcas do distrito de Viana do Castelo anunciaram que vão pedir também ao primeiro-ministro uma audiência "urgente".