Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Politécnicos podem arrancar próximo ano letivo com menos 20 cursos disponíveis

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 out (Lusa) -- O presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP) fez hoje "um balanço positivo" do total de alunos colocados, mas admite que o próximo ano letivo arranque com cerca de menos 20 cursos disponíveis nos politécnicos.

Em conferência de imprensa, hoje, em Lisboa, Joaquim Mourato adiantou que, em média, 100% das vagas iniciais disponíveis para a totalidade dos cursos nos institutos politécnicos ficou preenchida no final da 3.ª fase do concurso de acesso ao ensino superior, sobretudo devido aos quase 25% de alunos (mais de cinco mil) captados para estas instituições através dos regimes e concursos especiais de acesso, destinados sobretudo a maiores de 23 anos, e já ativos no mercado de trabalho.

O presidente do CCISP esclareceu que apesar de alguns cursos não terem preenchido o total de vagas disponíveis, houve outros em que foram aceites mais alunos do que as vagas inicialmente abertas para os cursos, o que acabou por se traduzir numa média de 100% de vagas preenchidas.