Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Polícia timorense vai cumprir decisão do governo de impedir artes marciais

Lusa

  • 333

Díli, 12 jul (Lusa) - O comandante-geral da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL), comissário Longuinhos Monteiro, anunciou hoje que vai cumprir a decisão do governo em relação às artes marciais e pediu aos jovens para contribuírem para a paz e estabilidade.

"Assumo a responsabilidade de serviço de Estado baseada na resolução do Conselho de Ministros em relação às artes marciais", afirmou, em conferência de imprensa, o comissário Longuinhos Monteiro.

O Governo de Timor-Leste determinou, esta semana, a extinção de três grupos de artes marciais e "tolerância zero" para elementos das forças de defesa e segurança que participem naquela prática.