Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Polícia sul-africana prende 40 grevistas em mina de ferro

Lusa

  • 333

Joanesburgo, 16 out (Lusa) -- A polícia sul-africana prendeu hoje 40 trabalhadores em greve, que tinham confiscado equipamentos no valor de milhões de dólares na mina de ferro Kumba, de propriedade anglo-americana.

Os funcionários eram parte de cerca de 300 trabalhadores que a mina Kumba despediu na segunda-feira, após uma greve ilegal que se iniciou há quase duas semanas, na mina de Sishen.

"Cerca das 03:00 locais (02:00 em Lisboa), entrámos nas instalações da mina, onde os grevistas ilegais mantinham os equipamentos da mina na sua posse. Conseguimos prender cerca de 40 deles", disse o tenente-coronel Hendrik Swart, porta-voz policial, em declarações à imprensa.