Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Polícia política da ex-Alemanha de Leste encobriu "cobaias humanas" - imprensa

Lusa

  • 333

Berlim, 16 mai (Lusa) -- A Alemanha enfrenta mais um capítulo do passado recente com alegações de que empresas farmacêuticas ocidentais usaram com cobertura da polícia política mais de cinquenta mil pessoas do antigo Estado comunista como "cobaias humanas" na década de 1980.

A revista Der Spiegel publica na última edição uma lista das grandes companhias farmacêuticas da Alemanha, da Suíça e dos Estados Unidos que mantinham ligações com a antiga ditadura da República Democrática da Alemanha (RDA) para testes de medicina, muitas vezes sem o conhecimento dos pacientes.

De acordo com a revista - que refere documentos oficiais da polícia política da ex-RDA - muitas pessoas morreram durante os testes médicos, entre as quais crianças e pessoas com problemas de alcoolismo.