Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Polícia efetuou14 disparos eléctricos contra brasileiro morto em março em Sydney

Lusa

  • 333

Sydney, Austrália, 08 out (Lusa) - A polícia australiana efetuou 14 disparos elétricos contra o estudante brasileiro Roberto Laudisio Curti, que morreu a 18 de março último em Sydney, segundo uma investigação iniciada hoje.

A juíza de instrução, Mary Jerram, investiga a atuação da polícia e a morte de Roberto Laudisio Curti numa perseguição montada pouco depois de ter sido reportado o roubo de dois pacotes de bolachas numa loja no centro da cidade.

Os agentes realizaram 14 disparos com armas elétricas Taser, embora nem todos contra o corpo do estudante de 21 anos.