Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Polícia do Luxemburgo investiga página no Facebook contra emigrante suspeito de fogo posto

Lusa

  • 333

Luxemburgo, 06 set (Lusa) - A Polícia Judiciária do Luxemburgo está a investigar uma página criada no Facebook para procurar o emigrante suspeito de coautoria do incêndio no Caramulo, por suspeita de instigação pública à prática de crimes, disse hoje à Lusa fonte policial.

"A Polícia Judiciária está a investigar. Estamos a analisar o conteúdo da página no Facebook, e se a polícia apurar que estão em causa crimes ou delitos, tem a obrigação de os denunciar à Procuradoria", disse à Lusa o porta-voz da Polícia do Grão-ducado, Vic Reuter.

A Polícia do Luxemburgo emitiu hoje um alerta avisando os utilizadores do Facebook de que os comentários "que incitam à violência contra uma pessoa precisa" constituem crime, e que "a presença nas redes sociais não garante de modo nenhum o anonimato".