Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Polícia birmanesa pediu desculpa por carga policial sobre monges budistas

Lusa

  • 333

Banguecoque, 02 dez (Lusa) - A polícia birmanesa pediu desculpas a uma centena de monges budistas pela violenta atuação que causou mais de 80 feridos, ao dispersar os manifestantes que protestavam contra uma empresa mineira no noroeste do país, informou hoje a imprensa.

A carga policial causou ferimentos em cerca de 30 monges.

O chefe da polícia local, San Yu, desculpou-se perante os religiosos durante uma cerimónia budista celebrada no sábado, na cidade de Monywa, perto da exploração mineira de cobre de Latpadaung.