Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Poder local: Rui Rio defende que câmaras endividadas não devem ter eleições

Lusa

  • 333

Aveiro, 09 jun (Lusa) - O presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, defendeu hoje que as autarquias muito endividadas deveriam ser geridas por uma comissão administrativa e não ter eleições.

Rui Rio falava na Curia, distrito de Aveiro, como orador convidado da 2.ª universidade do poder local, organizada pelo PSD Nacional, JSD Nacional e Grupo Europeu do PSD (GEPSD), em que abordou questões relacionadas com os orçamentos municipais.

"Quando uma câmara está excessivamente endividada, quem vier depois a ganhar eleições não tem margem para tomar qualquer decisão política. As câmaras endividadas não deviam ter eleições, mas sim uma comissão administrativa para a gestão corrente, até estarem equilibradas", defendeu.