Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PND "surpreendido" com decisão do MP em levar a tribunal candidatos às eleições regionais da Madeira

Lusa

  • 333

Funchal, 30 nov (Lusa) -- O deputado do PND na Assembleia Legislativa da Madeira manifestou hoje surpresa com a acusação do Ministério Público que lhe imputa e a mais sete candidatos às eleições regionais um crime de introdução em lugar vedado ao público.

"Fiquei muito surpreendido, porque estava à espera que fosse arquivado", disse à agência Lusa Hélder Spínola, considerando ter-se tratado de "uma ação política, de campanha", na qual o partido "chamou a atenção de todo o país para uma situação que é singular na imprensa, que é um governo subsidiar e usufruir, de forma exclusiva, de um jornal".

O Ministério Público (MP) acusou oito candidatos do Partido da Nova Democracia que em setembro de 2011, na campanha para as eleições legislativas regionais, invadiram as instalações do Jornal da Madeira, órgão detido maioritariamente pelo Governo Regional, do PSD.