Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PM Moçambique acusa Renamo de tentar chegar ao poder "pela via da força"

Lusa

  • 333

Luanda, 30 out (Lusa) - O primeiro-ministro de Moçambique acusou hoje a Renamo de tentar chegar ao poder "pela via da força".

Alberto Vaquina, que falava à imprensa no final da visita oficial de quatro dias a Luanda, salientou que "há uns meses" que a Renamo, o principal partido da oposição de Moçambique, face ao aproximar da data de eleições autárquicas, "tem estado a fazer provocações, nomeadamente ataques a civis, de que há a lamentar muitas vítimas".

A Renamo, continuou, protagonizou igualmente ataques a unidades militares, com vítimas dos dois lados.