Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Platini contra o "olho de falcão" e defende sucesso do quinto árbitro em Itália

Lusa

  • 333

Moscovo, 15 nov (Lusa) -- O presidente da UEFA, Michel Platini, mostrou-se hoje determinantemente contra o uso da tecnologia "olho de falcão", preferindo a utilização de cinco árbitros nos jogos de futebol, como já sucede nas competições internacionais e em algumas ligas

"Em Itália todos os jogos são dirigidos por cinco árbitros e a estatística é magnífica: reduziu-se em 50 por cento o número de erros de arbitragem desde que passaram a ser cinco", referiu Platini em conferência de imprensa em Moscovo.

O dirigente máximo da UEFA até admitiu que o olho de falcão -- um dispositivo colocado nas balizas para determinar se a bola ultrapassou totalmente a linha de golo -- é "uma boa ideia", mas que, então, se devia aplicar a cantos e lançamentos.