Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Platini admite "verdadeiro problema de racismo" na Europa

Lusa

  • 333

Genebra, Suíça, 07 out (Lusa) - O presidente da UEFA admitiu hoje que "existe um verdadeiro problema de racismo em certas regiões da Europa", garantindo que, a partir de agora, o mundo do futebol não pode tolerar qualquer forma de discriminação.

No quadro de uma jornada de reflexão sobre a temática do racismo no futebol, organizada pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos, em Genebra (Suíça), Michel Platini reconheceu que os incidentes nos estádios não são mais do que "a ponta de um icebergue" daquilo que realmente se passa na sociedade.

"Não vim aqui para me desculpar, ou para desculpar o futebol, mas para apresentar o ponto de vista de um desporto que teve a coragem de pegar o touro pelos cornos e de fazer face ao desafio que representava o crescimento dos comportamentos discriminatórios", sublinhou.