Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Plano de reestruturação do Barclays inclui cortes de 2 mil postos de trabalho

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 fev (Lusa) -- O Barclays vai cortar custos na ordem de 2.000 milhões de libras (2.337 milhões de euros) e 2.000 postos de trabalho, segundo o plano de reestruturação da administração do banco britânico que será apresentado esta terça-feira.

A edição de hoje do jornal Financial Times avança que o corte de custos será focado nas operações do banco de investimento, sobretudo na Ásia. Além disso, refere o jornal, serão ainda reduzidas operações na banca comercial e de retalho em alguns países europeus, como em Itália.

O Financial Times noticia ainda que cerca de 2.000 postos de trabalho serão cortados na divisão banco de investimento.