Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Plano de recuperação da Ambar ainda sem conclusão apesar de voto contra do BCP

Lusa

  • 333

Porto, 28 out (Lusa) -- O plano de recuperação da Ambar aguarda a receção da totalidade dos votos emitidos pelos credores por correio, sabendo-se que um dos maiores, o BCP, votou contra, disse hoje fonte ligada ao processo.

O prazo para envio dos votos terminou na sexta-feira, mas a empresa ainda aguarda a decisão de alguns credores, inclusive por motivos ligados ao atraso causado pela greve nos CTT.

De acordo com a mesma fonte, o BCP, credor em cerca de quatro milhões de euros da empresa fundada em 1939 por Américo Barbosa, mostrou-se contra o plano de recuperação que prevê a entrada da Explorer Investments -- Sociedade de Capital de Risco no capital, mas a acionista maior da Ambar, Isabel Barbosa (também ela detentora de um crédito de mais de quatro milhões de euros), votou favoravelmente, bem como a Autoridade Tributária e a Segurança Social.