Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PGR portuguesa ainda não recebeu pedido das autoridades guineenses sobre Gomes Júnior

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 out (Lusa) -- A Procuradoria-Geral da República (PGR) portuguesa ainda não recebeu o pedido emitido pelas autoridades da Guiné-Bissau no passado dia 10 para diligências sobre Carlos Gomes Júnior, o primeiro-ministro guineense derrubado no golpe de 12 de abril.

A informação foi avançada pelo gabinete de imprensa da PGR em resposta a uma questão colocada pela agência Lusa, que na terça-feira à noite teve acesso à carta rogatória relativa a Gomes Júnior que o Ministério Público guineense disse ter enviado para Portugal há quase 15 dias.

Na carta rogatória solicita-se que Carlos Gomes Júnior, o primeiro-ministro deposto e atualmente em Lisboa, seja ouvido no âmbito do processo de Helder Proença, ex-ministro da Defesa, assassinado em 2009.