Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PGR abriu inquérito à queixa do PS de ser "alvo de escutas"

Lusa

  • 333

Lisboa, 21 jul (Lusa) -- A Procuradoria-Geral da República (PGR) revelou hoje que já abriu um inquérito para averiguar a queixa do Partido Socialista (PS), que diz estar a ser "alvo escutas ilegais".

Num comunicado, a PGR diz que deu "entrada uma participação entregue pelo chefe do gabinete do secretário-geral do PS, relativa a eventuais interceções nas suas comunicações".

"De imediato foi ordenada a instauração de inquérito para investigar tais suspeitas", lê-se.