Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Pescas: Sindicato critica portaria que proibe caranguejo vivo na captura de polvo no Algarve

Lusa

  • 333

Olhão, 27 ago (Lusa) -- O Sindicato dos Trabalhadores da Pesca do Sul (STPS) criticou hoje a portaria que proíbe a utilização de caranguejo-mouro vivo como isco para captura de polvo, por considerar que esta solução é menos dispendiosa.

Em declarações à Lusa, Josué Marques, do STPS, considerou que a portaria em causa, aprovada a 03 de agosto e que altera o regulamento da pesca do polvo, "tem gerado a maior polémica" com a alteração de um artigo que proíbe apenas a utilização deste isco a leste do farol do Cabo de São Vicente, que disse ser "discriminatório".

"Na prática, e apesar da portaria não o dizer, esta proibição só está em prática na costa do Algarve, o que achamos ser uma discriminação relativamente aos pescadores do resto do país", afirmou o dirigente sindical.