Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Pescas: Deputado do PS acusa GNR de "perseguição permanente" aos pescadores da arte xávega

Lusa

  • 333

Mira, 23 jul (Lusa) - O deputado do PS eleito pelo círculo de Leiria João Paulo Pedrosa acusou hoje, na Praia de Mira, a Unidade de Controle Costeiro da GNR, antiga Brigada Fiscal, de perseguir os pescadores da arte xávega.

"Rejeitamos totalmente aquilo que são, neste momento, as prioridades da Brigada Fiscal [da GNR, atual Unidade de Controle Costeiro], que é uma perseguição permanente aos pescadores", disse João Paulo Pedrosa à agência Lusa, à margem de uma reunião que juntou cerca de 200 pescadores, autarcas e deputados socialistas.

"As redes da arte xávega cumprem as regras e cumprem a lei e por isso não faz sentido que a Brigada Fiscal, que tem uma missão tão importante a desenvolver contra o crime organizado na nossa costa, o tráfico de droga, o contrabando, ande sistematicamente atrás dos pescadores a ver se o peixe e capturado tem mais um ou menos um centímetro do que estipula a lei", acrescentou.