Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Pescas: Apreensão ou devolução ao mar de carapau imaturo capturado na arte xávega revolta pescadores

Lusa

  • 333

Mira, 13 jul (Lusa) - O carapau imaturo apanhado em redes da arte xávega em praias do centro de Portugal é apreendido pelas autoridades e entregue a instituições sociais ou devolvido ao mar, como manda a legislação.

Hoje, durante uma ação de fiscalização do Destacamento de Controle Costeiro da GNR, na Praia de Mira, Coimbra, foi constatada a revolta dos pescadores face à legislação que os obriga a escolher o pescado e devolver o imaturo ao mar, já depois de morto.

"Devia haver, e era muito simples, um mecanismo de quotas para a pesca artesanal e para este peixe imaturo [de tamanho inferior a 15 centímetros]. Não era preciso serem elevadas. Obviamente, não podemos andar a pescar isto todos os dias, bastava de duas em duas semanas", disse José Vieira, pescador e dono de uma embarcação.