Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Perdidos e achados" rendem à PSP do Porto 300 euros só numa hora

Lusa

  • 333

Porto, 28 jan (Lusa) -- A PSP do Porto realizou hoje o primeiro leilão de 2013 de "perdidos e achados" e, só na primeira hora, as vendas de telemóveis, guarda-chuvas, um quadro, bijuteria e até de uma moto renderam um total aproximado de 300 euros.

Na rua António Carneiro, junto da 'Secção de Achados' da PSP do Porto, ainda faltavam alguns minutos para o arranque do primeiro leilão de perdidos e achados deste ano e já dezenas de compradores, principalmente homens, mas também muitas mulheres idosas, aguardavam para poderem licitar.

Em apenas uma hora, a PSP do Porto faturou cerca de 300 euros com a venda de objetos achados ou na via pública do Porto, em veículos da Sociedade de Transportes Coletivos da cidade, em comboios ou em hipermercados, que nunca foram reclamados pelos donos dentro do prazo legal.