Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Perdas das empresas portuguesas por incobráveis atingem quase 6.000 ME - estudo

Lusa

  • 333

Lisboa, 15 mai (Lusa) -- As perdas resultantes de faturas que nunca foram pagas às empresas portuguesas subiram para 3,9% este ano, aproximando-se de 6 mil milhões de euros, revela hoje um estudo da Intrum Justitia.

O Índice de Risco de Pagamentos Europeus de 2013, elaborado anualmente pela consultora sueca Intrum Justitia, que inquiriu 10.000 diretores financeiros e presidentes executivos de empresas de 31 países europeus no primeiro trimestre deste ano, permitiu saber que "as perdas por incobráveis aumentaram de 3,6% em 2012 para 3,9% em 2013, atingindo quase 6 mil milhões de euros".

Dos 31 países analisados, Portugal está nas últimas posições em termos de risco de pagamento mais elevado, tendo apenas atrás a Croácia e a Grécia.