Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Perdas avultadas dos 'swap' na Carris ameaçam sustentabilidade da empresa - TdC

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 jul (Lusa) - O Tribunal de Contas revelou que a dificuldade da Carris de refinanciar dívida e "perdas avultadas" dos contratos 'swap' aumentaram os custos financeiros para 51,3 milhões de euros em 2011, avisando que estes gastos "ameaçam a sustentabilidade" da empresa.

A auditoria ao desempenho da Carris realizada pelo Tribunal de Contas, hoje divulgada, recomenda por isso ao Governo, em particular aos ministros das Finanças e responsável pelo setor dos transportes, que prepare juntamente com o IGCP - Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública "uma estratégia de negociação" com os bancos envolvidos que permita resolver, "ainda que parcialmente, os elevados encargos ocorridos com os contratos de 'swap' negociados" pela empresa.

O relatório do Tribunal, datado de maio de 2013, da autoria do conselheiro do TdC José Manuel Ferreira Pereira Lopes, recomenda ainda ao Governo que promova, igualmente com o IGCP, "uma solução que resolva a situação de endividamento" da Carris, caso contrário "não é certo que seja possível a atividade da empresa ter viabilidade no futuro".