Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Pena suspensa para homem que agrediu e queimou enteado de dois anos

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 dez (Lusa) - O tribunal condenou hoje a uma pena suspensa, de três anos e nove meses, um homem de 22 anos por causar graves lesões e queimar o corpo do enteado de dois com um aquecedor e cigarros.

O arguido encontrava-se em prisão preventiva ao abrigo deste processo e, após a leitura do acórdão, foi libertado por ordem do coletivo de juízes da 8.ª Vara Criminal de Lisboa, presidido por Jorge Melo.

Para o tribunal, ficaram provados todos os factos constantes na acusação do Ministério Público (MP) em relação ao menor, mas o coletivo de juízes absolveu o arguido do crime de violência doméstica sobre a companheira, do qual também estava acusado.