Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Pena de quatro anos e quatro meses de prisão para detentor de milhares de imagens pedófilas

Lusa

  • 333

Porto, 13 dez (Lusa) - Um contínuo da Universidade Portucalense foi hoje condenado, nas Varas Criminais do Porto, a quatro anos e quatro meses de prisão efetiva por deter e partilhar, na Internet, milhares de imagens pornográficas envolvendo crianças.

O tribunal deu como provado que o homem, de 60 anos, cometeu um crime de pornografia de menores, agravado, por recolher e partilhar fotos e filmes pedófilos, e outro de detenção de arma proibida, já que a Polícia Judiciária o encontrou na posse de uma pistola transformada, de calibre 6.35 milímetros, e respetivas munições.

Pelo crime de pornografia de menores, foi condenado a quatro anos de prisão e pela posse de arma foi condenado a um ano de cadeia, sendo fixado um cúmulo jurídico de quatro anos e quatro meses de reclusão.