Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Pedido de contratações da TAP prova a aplicação inconsequente do OE2013 - Sindicatos

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 mar (Lusa) -- Os sindicatos da aviação consideram que a proposta de contratação que a TAP entregará ao Governo "é a prova" da "aplicação inconsequente" das leis orçamentais e sublinham que os novos trabalhadores não têm a "experiência de anos" dos que saíram.

Contactados pela Lusa, os sindicatos dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC), dos Técnicos de Manutenção de Aeronaves (SITEMA) e dos Técnicos de Handling são unânimes ao considerar que as contratações "são positivas", mas são também "a prova do esvaziamento e da saída dos ativos com muitos anos de experiência" da TAP, após os sucessivos cortes salariais.

O Jornal de Negócios noticiou hoje que o presidente executivo da TAP, Fernando Pinto, afirmou que pretende entregar esta semana uma proposta de contratação ao ministro das Finanças, depois da saída de cerca de 60 trabalhadores qualificados no ano passado, 18 pilotos e 38 técnicos de manutenção, que "emigraram" para outras companhias.