Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PCP questiona Governo sobre propostas de mobilidade "ultrajantes" no grupo Sonae

Lusa

  • 333

Lisboa, 22 mai (Lusa) - O PCP questionou hoje o Ministério da Economia sobre propostas feitas pelo grupo Sonae a trabalhadores para se transferirem de lojas em Braga para Aveiro ou Viseu, considerando o processo "inaceitável, imoral e ultrajante".

Numa pergunta dirigida ao ministro da Economia, a deputada comunista Carla Cruz questiona a tutela se tem conhecimento do processo de encerramento de várias lojas da Sonae no 'retail park' de Braga e de alegadas propostas de mobilidade feitas a trabalhadores.

"Não são conhecidos os motivos invocados para o grupo Sonae proceder a este encerramento, porém, sabe-se que a empresa está a propor aos trabalhadores a mobilidade para outras lojas do grupo, nomeadamente para a região centro do país, Aveiro e Viseu", afirma a deputada do PCP.