Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PCP questiona Governo sobre "irregularidades" na construção de hotel em Cantanhede

Lusa

  • 333

Cantanhede, 11 jun (Lusa) - A deputada do PCP Rita Rato questionou hoje o Governo sobre "irregularidades no processo de construção" de um hotel em Cantanhede, cujo promotor terá de devolver ao Estado cerca de 1,2 milhões de euros em fundos comunitários.

As obras do hotel na Praia da Tocha tiveram início em setembro de 2011, mas pararam em maio de 2012, sendo que a empresa promotora enfrenta um processo de insolvência em tribunal.

A deputada comunista quer saber quais as "medidas urgentes" que o Governo tomou (...) e vai tomar" no âmbito da "fiscalização, clarificação e apuramento de responsabilidades e reposição de danos", assim como sobre o processo "com vista à recuperação dos 1,2 milhões de euros financiados pelo QREN (Quadro de Referência Estratégica Nacional)".