Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PCP quer saber se Governo aceita "exame prévio" na RTP para mobilização de meios

Lusa

  • 333

Lisboa, 05 nov (Lusa) - O PCP requereu hoje ao ministro Miguel Relvas um esclarecimento sobre a ordem de serviço da administração da RTP que impõe uma obrigatoriedade de exame prévio e autorização para a mobilização de meios no trabalho jornalístico.

Assinado pelo deputado comunista Bruno Dias, o requerimento surge após o ex-diretor de informação da RTP Nuno Santos ter apresentado hoje, na Comissão Parlamentar de Ética e Comunicação, um documento referente a esta ordem de serviço emitida pelo Conselho de Administração da empresa.

Nesse documento refere-se que a administração determina que os "formulários de aquisição de conteúdos" têm de ser apresentados para autorização com 72 horas de antecedência em relação ao prazo pretendido para a respetiva aprovação.