Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PCP: "PS não pode continuar em cima do muro" -- Jerónimo de Sousa

Lusa

  • 333

Lisboa, 16 jun (Lusa) - O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, criticou hoje as declarações do PS sobre a moção de censura, e desafiou os socialistas a fazerem uma opção e a assumirem se estão a favor ou contra a política do Governo.

"O PS tem de fazer uma opção e não pode continuar em cima do muro. Nesse sentido, as declarações [socialistas após o anúncio da moção] não foram muito felizes. Mostram uma grande hesitação, confusão e acima de tudo uma grande cumplicidade com esta política, particularmente com o pacto de agressão", afirmou Jerónimo de Sousa, à margem da manifestação da CGTP que decorreu hoje à tarde em Lisboa.

O PCP apresentou na sexta-feira na Assembleia da República uma moção de censura ao Governo, tendo o secretário-geral do PS, António José Seguro, respondido que "o que mais faltava ao país era que se criasse uma crise política neste momento". O líder socialista escusou-se a confirmar se o partido vai ponderar entre a abstenção e o voto contra.