Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PCP: Jerónimo de Sousa não entende que haja partidos da oposição "incomodados" com moção de censura

Lusa

  • 333

Lisboa, 21 jun (Lusa) -- O secretário-geral do PCP disse hoje não entender que haja partidos da oposição "incomodados" e em "cima do muro" por causa da moção de censura ao Governo dos comunistas, considerando que provam assim apoiar a política do Executivo.

Jerónimo de Sousa falava no final de um "desfile-comício" em Lisboa, uma das iniciativas com que esta semana o PCP quis levar "a moção de censura à rua", antes de ser debatida na Assembleia da República na próxima segunda-feira.

O líder comunista sintetizou que é uma moção de censura à política em curso e "ao Governo que a executa": "Não entendemos que qualquer força da oposição na Assembleia da República se sinta incomodada, se sinta em cima do muro, demonstrando afinal (...) que quer no fundo identificar-se, que no essencial apoia esta política e também, naturalmente, este Governo que a executa", acrescentou de seguida Jerónimo de Sousa.