Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PCP exige fim de cortes orçamentais à Lusa e acusa Governo de ataque à soberania nacional

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 out (Lusa) - O Partido Comunista Português (PCP) exigiu hoje o fim dos cortes orçamentais à agência Lusa e a manutenção de todos os postos de trabalho da empresa, criticando o que classificou como um "ataque à soberania nacional".

"O PCP, ao mesmo tempo que reafirma a sua solidariedade com a luta dos trabalhadores da Lusa -- que convocaram quatro dias de greve --, exige o fim dos cortes orçamentais à Lusa e a sua valorização enquanto agência nacional de informação, assim como a garantia da manutenção de todos os postos de trabalho e direitos conquistados pelos seus trabalhadores", escreveu o partido em comunicado.

Os trabalhadores da agência noticiosa Lusa aprovaram na terça-feira, em plenário, a realização de uma greve de quatro dias, entre 18 e 21 de outubro, contra os anunciados cortes orçamentais no contrato programa de 2013.