Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PCP diz que "desvio colossal" de 2.700 milhões no OE2012 é prova da "incompetência" do ministro das Finanças

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 out (Lusa) - O "desvio colossal" de 2.700 milhões de euros na execução orçamental deste ano é revelador da "incompetência e teimosia" do ministro das Finanças, Vítor Gaspar, afirmou hoje o deputado comunista Honório Novo.

"Sucessivos boletins de execução orçamental traduzem esse desastre. De forma crescente e cada vez mais nítida, revelam dois traços fundamentais deste Governo e deste ministro: incompetência muito acentuada e teimosia cega e inaceitável", afirmou o deputado eleito pelo Porto, durante uma audição parlamentar ao secretário de Estado do Orçamento, Luís Morais Sarmento.

Durante a audiência, Morais Sarmento explicou que, sem medidas complementares, o défice seria de 6,1 por cento do PIB - 1,6 pontos acima dos 4,5 por cento inicialmente acordados com a 'troika', o equivalente a cerca de 2.700 milhões de euros.