Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PCP acusa PSP de atuação ilegal na manifestação contra Governo em Leiria

Lusa

  • 333

Leiria, 06 jun (Lusa) - A Direção da Organização Regional de Leiria do PCP acusou hoje a PSP de ter atuado "à margem da lei" no protesto contra o Governo, na terça-feira, em Leiria, durante o qual foi detido um dos manifestantes.

Em comunicado, o PCP "condena (...) a atuação do corpo de proteção pessoal da ministra Assunção Cristas, que provocou e agrediu manifestantes pacíficos e condicionou pela força o livre exercício do direito constitucional de manifestação", mas também a atuação da PSP "pela conivência com a ação desproporcionada, ilegal e imprópria".

Os comunistas consideram que os casos "se podem enquadrar num atuação à margem da lei e em desrespeito pelos direitos constitucionais dos manifestantes" e apela "aos trabalhadores e ao povo do distrito de Leiria" que expressem a sua solidariedade no dia em que se realiza o julgamento do agora arguido Manuel Cruz, acusado de injúrias e ofensas à integridade física.