Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PCP acusa maioria de ir além do expurgo constitucional na requalificação

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 out (Lusa) - O PCP acusou hoje a maioria PSD/CDS-PP de ir além do expurgo das inconstitucionalidades declaradas pelo Tribunal Constitucional no diploma da requalificação dos funcionários públicos e vai tentar travar a sua discussão, agendada para o plenário de sexta-feira.

"PSD e CDS-PP, a propósito de expurgar aquilo que foram as inconstitucionalidades declaradas pelo TC, apresentam um conjunto muito vasto de alterações que extravasam claramente o expurgo constitucional", afirmou, nos Passos Perdidos do Parlamento, o deputado comunista Jorge Machado.

Para o PCP, o executivo liderado por Passos Coelho e Paulo Portas "alterou um conjunto muito vasto de matérias e muito importantes para os trabalhadores da administração pública".