Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Paulo Portas diz que pedido de melhores condições foi "a decisão certa" no "momento certo"

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 jan (Lusa) - O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, disse hoje que o pedido de Portugal para obter melhores condições de pagamento do empréstimo à troika foi "a decisão certa, no momento certo e com a companhia certa".

O ministro, que falava aos jornalistas à margem da assinatura de um protocolo com um consórcio de empresas tecnológicas, em Lisboa, acrescentou que se Portugal conseguir melhores condições ficará a dever-se em grande medida à forma como os portugueses enfrentaram os sacrifícios.

Na segunda-feira, o ministro das Finanças português disse, em Bruxelas, que pediu aos ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo) a extensão dos prazos de maturidade dos empréstimos a Portugal, de modo a facilitar o regresso aos mercados, afirmando ter a "expectativa fundada" do apoio dos seus parceiros do euro.