Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Paulo Portas defende que declarações de diretora do FMI são "importantes e amigas"

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 out (Lusa) - O ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, reafirmou hoje que Portugal deve valorizar politicamente as declarações "amigas" da diretora-geral do FMI, defendendo que a via para "resolver" os problemas é através de uma "atitude de concertação" com os credores.

"Nós também lemos, também ouvimos, também sabemos as evoluções no pensamento internacional sobre os programas de ajustamento. E por isso reafirmo aqui que considero importantes e amigas as declarações da senhora diretora-geral do Fundo Monetário Internacional", afirmou Paulo Portas.

"Devemos registá-las e valorizar politicamente esses factos porque as nossas dificuldades são grandes e é numa atitude de concertação com os nossos credores e não de beligerância, como alguns sugerem, que os nossos problemas se podem resolver", sublinhou.