Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Paulo Bento diz que declarações de Blatter foram, "no mínimo, desagradáveis"

Lusa

  • 333

Lisboa, 08 nov (Lusa) - O selecionador português de futebol, Paulo Bento, considerou hoje que as declarações do presidente da FIFA, o suíço Joseph Blatter, sobre o avançado Cristiano Ronaldo "foi algo de desagradável, no mínimo".

"Foi algo de desagradável, no mínimo, quer no seu conteúdo quer na forma", disse Paulo Bento durante a conferência de imprensa de divulgação dos convocados para os jogos do "play-off" da zona europeia de qualificação para o Mundial2014, com a Suécia, na sede da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), em Lisboa.

O treinador observou que mesmo depois do pedido público de desculpa de Blatter "não deixa de estar o ato feito e as palavras dirigidas", elogiando "o rendimento que [o capitão da seleção portuguesa] continuou a demonstrar depois desse episódio".