Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Paulo Bento apela ao "equilíbrio" e "paciência" frente à Rússia

Lusa

  • 333

Óbidos, 06 jun (Lusa) - O treinador Paulo Bento apelou hoje ao "equilíbrio" e à "paciência" no decisivo jogo de sexta-feira com a Rússia, no qual a seleção portuguesa de futebol deve evitar querer "resolver tudo o mais depressa possível".

Paulo Bento reconheceu que a equipa lusa está "pressionada" pelos resultados obtidos no Grupo F europeu de qualificação para o Mundial de 2014, liderado pela Rússia, com mais um ponto e menos dois jogos do que Portugal e Israel, mas advertiu que os jogadores portugueses não se podem deixar "condicionar pela ansiedade".

"O conforto que o nosso adversário tem em termos classificativos obriga-nos a ter a iniciativa, mas temos de ter critério nessa iniciativa e jogar com índices de agressividade elevados, não deixando de ter paciência na construção do nosso jogo e saber que tem 90 minutos para ser ganho", observou em conferência de imprensa, em Óbidos.