Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Passos Coelho renova compromisso de tudo fazer para pôr fim à crise

Lusa

  • 333

Lisboa, 07 abr (Lusa) - Pedro Passos Coelho renovou hoje o seu compromisso de tudo fazer, como primeiro-ministro, para pôr fim à crise que Portugal enfrenta, prometendo agir até ao limite das suas forças em defesa do interesse nacional.

Numa declaração ao país, na sua residência oficial, em Lisboa, o primeiro-ministro reafirmou também o compromisso do Governo PSD/CDS-PP com o cumprimento das obrigações internas e externas do Estado português.

"Da parte do Governo não haverá hesitações. Permitam-me, pois, que o diga com clareza para que não subsistam quaisquer dúvidas. O Governo está comprometido com todos os objetivos do programa de assistência e reafirma o cumprimento das obrigações internas e externas do Estado português. E, como primeiro-ministro, renovo aqui e hoje o compromisso de fazer tudo o que está ao meu alcance para, atacando as dificuldades acrescidas, fecharmos esta crise de uma vez por todas. Com a legitimidade que me foi conferida pelo povo português e pela Constituição, agirei até ao limite das minhas forças na defesa do interesse nacional", declarou Passos Coelho.