Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Passos Coelho espera que descida do juro da dívida portuguesa seja "bom augúrio"

Lusa

  • 333

Bruxelas, 06 nov (Lusa) -- O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, manifestou hoje satisfação, em Bruxelas, por a taxa de juro da dívida de Portugal a 10 anos ter voltado a descer para valores abaixo dos 6%, dizendo esperar que tal constitua "um bom augúrio".

No final de uma conferência de imprensa conjunta com o presidente da Comissão Europeia, e já depois de esta ter sido dada por concluída, Passos Coelho pediu ainda a palavra para se referir à "trajetória descendente" das taxas de juro de dívida, que disse ser um dos elementos que melhor espelha "a confiança do mercado".

"Espero que seja um bom augúrio que, precisamente no dia em que nós estivemos aqui com o colégio de comissários, em Bruxelas, tivéssemos conseguido voltar a quebrar a barreira dos 6% na taxa de juro a 10 anos. Que isso seja um bom augúrio para os próximos tempos, para Portugal e para a Europa", declarou o primeiro-ministro.