Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Passos Coelho escusa-se a revelar pormenores sobre o cheque extra de mil milhões

Lusa

  • 333

Funchal, 25 nov (Lusa) - O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, escusou-se hoje a revelar pormenores sobre as negociações relativas a "um possível cheque extra" de mil milhões de euros para Portugal no âmbito do orçamento comunitário plurianual para 2014 - 2020.

A cimeira sobre o orçamento comunitário plurianual para 2014 - 2020 terminou sexta-feira sem um acordo entre os 27 Estados-membros da União Europeia cuja solução foi adiada para o início do próximo ano.

Pedro Passos Coelho relembrou que o presidente do Conselho Europeu, van Rompuy, "apresentou uma proposta em que incluía um cheque adicional oferecido a Portugal no valor de mil milhões de euros" cabendo 100 milhões para a Madeira e 900 milhões para Lisboa.