Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Parte do FMI é "hostil" à avaliação interna - relatório independente

Lusa

  • 333

Washington, 29 mar (Lusa) -- Uma parte do Fundo Monetário Internacional (FMI) é "hostil" à avaliação interna, segundo um relatório publicado hoje e encomendado pelos Estados-membros do Fundo.

"Apercebemo-nos de uma atitude defensiva, e em certos casos hostil, de uma parte da direção e das equipas do Fundo que deverá mudar se a instituição desejar obter o maior benefício" do seu Gabinete de Avaliação Independente (IEO), indica o relatório escrito pelo economista brasileiro José Antônio Ocampo, ex-candidato à presidência do Banco Mundial, no ano passado.

Independente do FMI e criado em 2001, o IEO publicou recentemente auditorias críticas sobre a instituição, em que assegura nomeadamente que a sua "imparcialidade" está por provar e que o Fundo sobrevalorizou o risco representado pela acumulação das reservas cambiais em detrimento dos países emergentes.