Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Parques tecnológicos: "Houve falta de cuidado" na elaboração da lei - presidente da Câmara da Maia

Lusa

  • 333

Maia, 10 set (Lusa) -- O presidente da Câmara da Maia, Bragança Fernandes, criticou hoje a "falta de cuidado" que houve na elaboração do regime jurídico da atividade empresarial local e das participações locais, que põe em causa a continuidade do TECMaia.

Em declarações à Lusa, o autarca da Maia disse que este regime jurídico não considera empresas de prestação de serviços de interesse geral ou de promoção do desenvolvimento local ou regional empresas de setores como a ciência e tecnologia.

Assim sendo, alertou Bragança Fernandes, "os parques tecnológicos não podem existir" e o "TECMaia - Parque de Ciência e Tecnologia tem agora seis meses para fechar".